Pão de Queijo Congelado

Vancouver – Canadá


6 Comentários

Carteira de motorista canadense: parte I

Olá pessoal,

Hoje escrevo para dar uma ótima notícia: passei na prova teórica – requisito obrigatório para conseguir a carteira de motorista canadense. Na verdade, é um pouco mais do que um requisito, mas no final do post falarei mais sobre isto.

Vou descrever o processo para, principalmente, ajudar aqueles que pretendem fazer a mesma prova. Mas, porém, contudo, entretanto, ressalto, não se trata “do que é” ou “do que não é” (até porque estas questões são extremamente complicadas), mas sim de um relato da minha experiência. Continuar lendo

Anúncios


10 Comentários

“Já se acostumaram com a comida daí?”

Uma pergunta que as pessoas do Brasil sempre nos fazem é: “Vocês estão comendo normal? Aí tem arroz e feijão?”. Antes de vir para cá, li em alguns blog sobre comida, e vi que era tranqüilo… Bom, no começo foi quase tranqüilo (sou uma pessoa que não gosta de experimentar novas comidas e gosto mesmo do tradicional), pois ficamos numa homestay de um casal (ela chinesa e ele canadense) em que a esposa era vegetariana… bom, emagrecemos um pouco neste período hehehe.

Voltando ao assunto, com relação à comida é possível sim comer tudo que você comia no Brasil (tirando o requeijão… mas o cream cheese dá uma enganada hehehe). Todo dia comemos arroz, feijão e carne (beef, frango… e até peixe) no jantar, pois estamos fazendo como o pessoal daqui: no almoço um lanche e a noite é o jantar.

Continuar lendo


21 Comentários

Hello, Canada (meu primeiro emprego em Vancouver)

Olá Pessoal,

Depois de mais de três meses e meio, finalmente, consegui meu primeiro emprego no Canadá. Mesmo lendo em “trocentos” blogs que não é fácil achar emprego rapidamente, confesso que nunca imaginei que fosse tão difícil. Eu pensava assim: “eu estou vendo inúmeras vagas nos sites das empresas; tenho os requisitos solicitados; não vai ser tão difícil na minha área”. Engano meu, é complicado para praticamente todos. É óbvio que existem exceções e que, dependendo do momento ou do atributo sorte de seu personagem (RPG… isso mesmo :)), às vezes alguém consegue emprego  (na área de atuação no Brasil) no comecinho.

Vou contar um pouco do que percebi do mercado, pelo menos na minha área (pode ser que seja diferente em outras; pode ser que seja apenas impressão minha e não o que acontece com a maioria das pessoas). Primeiro: é MUITO complicado conseguir entrevistas sem uma indicação. Acho que tenho um bom currículo e todos os meus amigos e colegas do Brasil me diziam que ia ser super tranquilo pra mim. Mesmo assim, após o envio de currículos e cover letters para mais de 30 empresas, consegui apenas duas entrevistas.

Continuar lendo


6 Comentários

Inglês

Muitas pessoas que vieram e que ainda estão vindo para o Canadá (ou qualquer outro país onde o idioma seja o inglês) já chegaram com um inglês fluente, outras com um inglês bom e outras sabendo um pouco de inglês mas, cientes que teriam que estudar. Bom, no nosso caso, o inglês do Bruno é fluente e eu me enquadro na terceira classificação (sei um pouco, mas sei também que tenho que estudar muito para atingir o MEU objetivo).

Com relação ao meu inglês, não me preocupei taaanto antes de vir e não me pressiono taaaanto para que, de um dia para o outro, eu esteja falando fluentemente sobre tudo. Posso dizer que estou super satisfeita com o meu aprendizado e sei que tudo tem o seu tempo. Sou nova, não sou?! Então, tenho meu tempo, como todos já tiveram 🙂 e não estou me pressionando com relação a isso.

Continuar lendo


8 Comentários

Visita ao médico

Olá a todos 🙂

Antes de virmos para o Canadá, fizemos uma revisão médica só mesmo para garantir se estava tudo certo, mas como eu tenho hipotireoidismo e estava um pouquinho alterado, a médica me pediu para que em até 3 meses eu fosse em um médico e fizesse o exame de sangue. Faço tratamento com essa mesma médica uns 3 anos, é uma gracinha e excelente profissional, até se ofereceu a olhar o meu exame que fizesse aqui, era só minha mãe ligar para ela informando o resultado ou eu mesmo podia mandar um email direto para ela. Casos raros, eu sei 🙂 hehe. Bom, voltando ao Canadá: depois que o nosso Care Card chegou, eu consegui marcar uma consulta com a médica brasileira daqui (vi no consultório dela que não está agendando mais no momento). Chegando lá tive que preencher 4 páginas de formulários, é muuuuita coisa, ainda bem o que Bruno foi junto e ajudou nas palavrinhas em inglês. Entrei no consultório (é beeeem diferente do Brasil, tudo bem “pititinho”) e ela me explicou como funciona o sistema de saúde aqui, sobre o médico de família, médico especialista…etc. Tive um sorte infinita, pois geralmente, o médico de família “dá conta do recado” de tudo, mas em último caso ele te encaminha para uma especialista…MAS ela é especialista em endocrinologia (perfeito para mim) e pediatria (somente daqui uns 5 anos kkkk). A Simone tinha me falado isso, mas ela não tinha certeza, e já fui com a esperança e ela acabou confirmando. Fiquei mais tranquila!

Continuar lendo


6 Comentários

Aos amantes de super máquinas :)

Olá Pessoal,

Ontem fui com meu amigo Dennis (valeu pelo convite, rapaz) ao Vancouver International Auto Show e não poderia deixar de escrever um post sobre isso :). Fomos na abertura (mais barato… hehe) e em um horário SUPER tranquilo (de 16:00 às 19:30). Já fui no Salão do Automóvel em São Paulo duas vezes e estava sempre muito lotado, principalmente nos stands de Ferrari, Lamborghini,… Bem, aqui não foi assim. Não teve empurra-empurra, não tive que levantar a máquina para tirar fotos de carros concorridos, com frequência deixava blusa, sacola no chão (sem qualquer tipo de preocupação),…enfim, foi uma experiência altamente agradável.

Tinha veículos para todos os gostos: super carros, muscle cars, populares, conceitos, motos, barcos. Uma coisa que achei interessante é que em todos os carros, eles colocavam o preço de venda do veículo. Desta forma, você olhou, gostou, já poderia fazer a compra lá mesmo (acho que sim, pois tinham carros com anúncios indicando que já tinham sido vendidos). Com relação a quantidade de carros, realmente nem se compara com Sampa, muuuuito menor, contudo continuo recomendando 100%.

Os highlights na minha opinião foram: Ferrari California (simplesmente fantástica… MUITO, mas MUITO mais bonita que nos joguinhos de corrida) e Audi R8 (incrível!)

Bem, tirei mais de 130 fotos, logo não tem como colocar toooodas aqui. Mas, chega de conversa fiada, vamos às máquinas!

DSC00425

Continuar lendo